Viagem Peru/Bolívia 2012 – Dia 10 – 15/12/2012

Dia 10 – 15/12/2012 – Trilha Inca – Dia 03

Pouco antes das 7:00h da manhã, já estávamos na trilha. O dia estava todo nublado e com as paisagens encobertas. Foi um pouco frustrante, mas não tirava a beleza e magia do local.

O primeiro complexo arqueológico a ser visitado foi o Runkuray (7:10h – 3800msnm), a menos de 1km do acampamento. Como a neblina não se pode ver muita coisa, uma pena.

Passamos pela Laguna Cochapata, onde conversei um pouco mais com dois brasileiros que estavam em outros grupos Fábio (um engenheiro de origem japonesa que vive em São Paulo/SP-BR) e Renato e sua namorada (que vivem em Campinas/SP-BR).

Chegamos a Sayacmarca às 9:36h (3624msnm), outro complexo Inca. Ficamos por ali uns 50min. explorando o local.

Voltamos para a trilha e a chuva resolveu aparecer e continuou durante todo o dia.

Parada para almoço foi em Chaquiqocha às 11:23h e a chuva aumentou um pouco mais.

Sob chuva seguimos, passamos pelo túnel Inca, 20m aberto na rocha. Com o mau tempo, não paramos em Phuyupatamarca (13:46h – 3640msnm).

O trecho do dia de 16km era 40% subida e 60% descida, na maior parte escadas. Os joelhos sentiram bastante e como estava tudo molhado o cuidado era ainda maior.

Finalmente às 16:16h chegamos ao camping em Wiñaywayna.

Eu estava todo molhado e o saco de dormir também. Como estava sem calça reserva, foi bem complicado e desconfortável.

Como é tradicional, ao final do terceiro dia, todos as pessoas que fazem o Caminho Inca, juntam dinheiro e doam para os porteadores, uma forma de compensar seu grande esforço pra possibilitar esta fantástica travessia.

Outro acontecimento muito engraçado do dia, foi proporcionado por Susana que chegou junto com os porteadores ao camping. Durante toda a trilha, quando um porteador passava pelo grupo, todos avisavam “cuidado porteador” ou “Porter” e as pessoas ficavam junto ao lado da montanha e eles passavam. Como Susana estava em ritmo de porteador, fizemos uma piada com ela: “Cuidado Susana!” Até no dia seguinte dávamos muitas risadas com a situação.

Depois do jantar como a noite seria muito curta, fomos para as barracas. Eu acabei deixando o saco de dormir de lado e usei o saco de dormir de emergência, feito de papel alumínio e muito barulhento. Obviamente, não dormi muito bem!

 

GASTOS NO DIA – S/.50,00 (R$43,29)

S/. 50 – Doação Porteadores (R$ 43,29)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s