Viagem Uruguai 2011 – Dia 10 – 17/03/2011 (Treinta y Trés-UR)

10º Dia – 17/03/11 – Termas Almirón (Guichón-UR) a Treinta y Tres-UR (603km)

MAPA-Uruguai10

A segunda noite num camping nesta viagem, também não foi muito boa. Acordei várias vezes, mas consegui dormir bastante e descansei.

Antes da sete da manhã e do despertador acionar, levantei por escutar alguns pingos de chuva na barraca. Desmontei a barraca o mais rápido possível, e pedia para São Pedro segurar a chuva um pouco mais.

O tempo estava quase todo fechado, mas ao desmontar a barraca não sabia se continuava ou fotografava o belo nascer do sol.

IMG31429

Com as coisas devidamente arrumadas, tomei tranquilamente meu “café da manhã” improvisado, até sentir novamente outros pingos de chuva, apressei o passo e parti para meu destino.

Na saída do camping, acertei a diária (cerca de R$4,00) e conversei com a recepcionista que estava com um ótimo humor, diferente do dia anterior.

Seguindo as dicas dos hóspedes da termas, segui para Yung-UR e não por Guidón-UR e Tres Arboles-UR, que era um caminho de terra.

A estrada Ruta 25 (Rd25) estava um tapete, mas nos últimos 20km até Young-UR estava com muitos remendos e um leve chuva começou a me acompanhar na viagem e não foi mais embora praticamente todo o dia. Ao chegar a cidade fiz o primeiro abastecimento do dia e segui para a Ruta 3.
DSC45268 DSC45274

Passei pelo Lago Artificial de Palmar, mas como o tempo estava ruim, passei direto.

A paisagem ao lado da rodovia alternava árvores, plantações e pastos.

Passei por Trinidad-UR, e o asfalto voltou a ficar ruim. Em Durazno-UR outro abastecimento e parei numa cafeteria para beber e comer algo.

DSC45313

Com a ajuda do atendente da cafeteria me certifiquei que não havia um caminho totalmente asfaltado direto para Treinta y Tres-UR, a não ser seguir antes para Minas-UR.

Segui para Minas-UR pela Ruta 5, para depois tomar a Ruta 8 para Treinta y Tres-UR. Era meio dia e a chuva leve continuava.

O caminho até Florida-UR estava bom, mas a partir dali, somente estradas provinciais ruins. O relevo foi mudando e já apresentava pequenas montanhas ao redor.

Em  Minas-UR, às 15:00h, mais uma abastecimento e aproveitei para beber uma bebida quente (capuccino) e comer um chocolate. Finalmente comprei um bom mapa do Uruguai.

Na saída da cidade tive o maior susto da viagem. Estava um pouco distraído com o GPS, quando olhei para frente, me assustei com um quebra-molas. Prontamente freei a moto e a roda dianteira travou numa leve curva e piso molhado. Não sei como, eu soltei o freio dianteiro muito rápido ao sentir a moto perder a frente , a moto balançou para os dois lados, voltou ao equilíbrio e consegui rampar o quebra-molas. Gelei!!! Foi um grande susto, a única coisa que senti foi um toque na canela, ou seja, faltou muito pouco para cair e destruir a moto.

Seguindo pela Ruta 8 e me recuperando do susto. Apreciei as belas paisagens com várias colinas e serras, apesar da chuva insistente.

Pouco depois das 17:00h, cheguei a Treinta y Tres-UR, rapidamente procurei um hotel. O primeiro não havia vagas, o segundo sim e acabei ficando (tinha uma bela piscina).

DSC45370

Tomei meu agradável e quente banho, e fui jantar na esquina ao lado do hotel. Fui a praça fazer algumas fotos e aproveitei para ligar para casa.

DSC45392

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s