Missões Jesuíticas Rio Grande do Sul, Brasil (out/2012)

Dia 01 – 12/10/2012 – Cascavel/PR a São Miguel das Missões/RS (730km)

 

 

 

Mapa_Missao

 

Bem sexta-feira, dia 12/10/2012, feriado Nacional de Nossa Aparecida e inspirado pela viagem realizada ao Paraguai no último feriado de Tiradentes. Iniciei minha nova viagem, destino as Missões Jesuíticas, no Rio Grande do Sul.

No território que hoje pertence ao Brasil, foram fundadas sete reduções, os chamados Sete Povos das Missões:

  • São Francisco de Borja (1666)
  • São Nicolau (1687)
  • São Luiz Gonzaga (1687)
  • São Miguel Arcanjo (1687)
  • São Lourenço Mártir (1690)
  • São João Batista (1697)
  • Santo Ângelo Custódio (1706)

Infelizmente, apenas quatro reduções apresentam vestígios de suas construções originais (São Nicolau, São Miguel, São Lourenço e São João Batista). Sendo a mais conservada a que fica na cidade de São Miguel das Missões.

Esta viagem começou às 5:00h da manhã, com os preparativos finais e um bom café da manhã.

Tudo pronto, alguns  minutos antes das seis da manhã, segui para sul pela rodovia BR-277 e BR-163, passando por Capanema/PR, Pranchita/PR e Barracão/PR. A estrada estava bem movimentada e com vários pontos com irregularidades (isso é um pouco comum, pelo grande fluxo de veículos de carga).

Por volta das 8:20h e um pouco mais de 200km estava ingressando em solo catarinense (Dionísio Siqueira/SC). Mais 50km e em São Miguel do Oeste/SC, fiz  o primeiro abastecimento da viagem.

Na saída da cidade no trevo de acesso a rodovia BR-262, optei pela rodovia SC-163 sentido a Descanso/SC, Iporã do Oeste/SC e Mondaí/SC.

Após Caibi/SC, tomei a BR-158 e cruzei o Rio Uruguai rumo ao Rio Grande do Sul. Em Iraí/RS, um novo abastecimento, tomei um refrigerante, segui para Frederico Westephalen/RS e na sequencia acessei a rodovia RS-472 para Tenente Portela/RS.

Cheguei ao trevo de acesso ao Salto Yucumã, por volta do meio-dia. Como o pessoal da prefeitura de Derrubadas/RS, me havia dito que o nível do Rio Uruguai estava muito alto, deixando a altura da queda em torno de 1m de altura, resolvi deixar para conhecer na volta.

O clima estava muito quente, mas o dia estava lindo e as fotos agradeceram.

Nesta bela região, eu nunca havia passado e me fez recuperar o prazer de pilotar numa estrada desconhecida. Como velhos tempos!

Pouco antes de Três Passos/RS, a rodovia passou a ser a BR-468.

Num posto de combustíveis, no trevo de acesso a Santo Augusto/RS já na RS-155, uma parada para beber e comer algo. Eram quase 13:30h da tarde e estava um pouco longe de São Miguel da Missões/RS, acelerei o ritmo rumo a Ijuí/RS, local de mais um abastecimento.

Minha primeira cidade a ser conhecida dos Sete Povos das Missões, foi Santo Ângelo/RS, apesar de não possuir ruínas da época dos Jesuítas, possui alguns pontos turísticos que queria conhecer. Principalmente a belíssima Catedral de 1929 inspirada na construção original.

Visitei o Museu Municipal Dr. José Olavo Machado, com um acervo que conta um pouco da história da cidade e das Missões.

Voltando para a Catedral, conheci um casal local muito simpático Giovani e Carla, me deram várias dicas e fizeram questão de me apresentaram seus parentes (me desculpe esqueci os seus nomes) que moram em Arapongas no Paraná, próxima da minha cidade natal.

Infelizmente o tempo estava escasso, e tive que interromper a boa prosa. Depois da troca de e-mail’s segui rumo a próxima “missão”, São João Batista/RS.

Do trevo de acesso a Santo Ângelo/RS até o acesso a São João Batista/RS são 15km. Para chegar as ruínas são mais 6,5km de estrada de chão, eu segui a 50km/h bem tranquilo.

Ao passar pela portaria de acesso, controlada por um guarda, comecei a explorar a Redução.

Terminei o passei às 16:35h e segui para São Miguel das Missões/RS.

Pouco antes das 17:30h, comecei o passeio pelas ruínas mais bem preservadas em solo nacional, e inclusive declarada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Enquanto caminhava por sua estrutura remanescente, me passava pela mente, como deveria ser ainda mais esplêndida  esta construção séculos atrás. Isso fruto de árduo trabalho de homens considerados selvagens.

Depois quarenta minutos percorrendo a Redução, o pessoal estava preparando para encerrar a visitação. Como estava muito cansado, resolvi encerrar o passeio e procurar um lugar para me hospedar antes de escurecer.

Ao lado das ruínas encontrei uma pousada (Pousada das Missões). Tinha apenas um quarto disponível, acho que tive sorte.

À noite, voltei para a Redução para assistir as espetáculo de Som e Imagem, que relata sua história. Vale o ingresso!

Ao terminar o show, fui a restaurante e acompanhei um show de músicas tradicionalistas enquanto jantava (ganhei até um bônus para fechar a noite).

Dia 02 – 13/10/2012 – São Miguel das Missões/RS a Tenente Portela/RS (493km)

Acordei às 4:00h da manhã, e devido a ansiedade não voltei a dormir. Tomei um ótimo café da manhã e às 7:30h estava saindo da pousada.

O primeiro destino seria a Fonte Missioneira, a 2km da pousada. Cheguei ao local indicado pelo GPS, e estava fechado o acesso. Perguntei a um senhor, numa casa ao lado. Informou-me que só abriria às 8:00h. Alguns minutos de espera e o guarda responsável chegou. Segundo ele, o certo é abrir somente as 9:00h da manhã e como ele passa por ali acaba abrindo portão.

A fonte é feita com pedra grês e era responsável por abastecer a redução.

Seguindo viagem, voltei para a rodovia BR-285 e segui até o trevo de acesso a cidade Caibaté/RS e a rua asfaltada de acesso ao Santuário de Caaró. O belo templo em homenagem a morte dos santos missioneiros Roque González, Afonso Rodrigues e João de Castilhos fica a 2km dali.

Retornei a Br-285 e segui para oeste onde acessei uma estrada de chão de 6km até a Missão de São Lourenço/RS.

Meia hora de passeio, às 9:28h, saí da Redução rumo a São Luiz Gonzaga/RS.

Fui até o centro da cidade, principalmente para conhecer a Igreja Matriz da cidade.

Presenciei um acidente envolvendo dois carros, e fui para saída da cidade.

Abasteci, bebi algo e tomei as rodovia RS-168 e RS-561 (com muitos buracos na via) para São Nicolau/RS.

Ao chegar fui surpreendido a Redução fica numa área aberto sem restrição de acesso. Comecei visitando uma adega subterrânea e na sequencia pela grande área em praça aberta onde estão distribuídas as ruínas.

Voltei para a RS-168 pelos mesmos 30km da RS-561 em mau estado de conservação e fui para Roque Gonzales/RS.

Fiz uma pequena pausa, para beber e comer algo. Estava muito quente sob o sol de 12:30h.

De volta a estrada, cheguei a rodovia BR-392. Como queria conhecer o Santuário Assunção de Ijuí, segui 13,5km sentido a Porto Xavier/RS e percorri mais 2,5km de estrada de chão até encontrar o templo.

Retornei para a BR-392 e no sentido oposto fui para leste com destino a RS-344.

Entrei em Cerro Largo/RS, onde visitei a catedral da cidade e conheci um motorista de uma excursão vindo da cidade Argentina de Obera.

Pouco antes de Guarani das Missões/RS, passei pelo Santuário de Nossa Senhora de Czestochowa. Conheci uma freira muito simpática que me contou a história da pequena igreja. Ela me falou se quisesse rezar era para ficar a vontade, eu sorri e lhe disse eu vou rezando no caminho, e assim o fiz!

Cheguei a Santa Rosa/RS, a Terra da Xuxa, às 15:30h, onde fiz outro abastecimento de moto e de piloto (ninguém é de ferro, só a Lis).

Continuei pelas rodovias BR-472 e RS-210, até reencontrar a BR-468. Segui para Coronel Bicaco/RS e pela rodovia RS-330 até Tenente Portela/RS o destino final do dia.

Na entrada da cidade, outro abastecimento (18:06h). Procurei um hotel ( Hotel Aracê) e fim de mais um “movimentado”, incrível e cansativo dia!

Referências:

- http://www.rotamissoes.com.br/

-

About these ads

Uma resposta para “Missões Jesuíticas Rio Grande do Sul, Brasil (out/2012)

  1. Nossa Luis linda viagem cara, bélissimas fotos, a terceira foto da estrada da vontade de estar acelerando ali, só uma dúvida vc viaja sozinho?Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s